3 APLICATIVOS QUE NÃO PODEM FALTAR NO SEU ESTUDO DE MÚSICA

Neste artigo veremos os 3 aplicativos que não podem faltar no seu estudo de música.

A música muitas vezes é vista como algo recreativo, de fácil assimilação, porém que toca algum instrumento sabe o quão complexo é, afinal é muita coisa acontecendo ao mesmo tempo, os sentidos precisam estar atentos, afinal é necessário ritmo, percepção e execução correta.

Logo, é preciso muito estudo, prática regular e com muito foco, e que envolva teoria, percepção e prática musical integradas.

Os aplicativos a seguir ajudam bastante nesse processo, seja você estudante de algum curso ou faculdade de música, seja você um estudante autodidata, neste caso, além de outros aprendizados, irá organizar melhor as etapas do estudo.

Além disso você dará um salto se for iniciante, no que se refere à teoria, a entender o cada elemento da prática musical. E se já é estudante de música, irá, com toda a certeza, melhorar seu entendimento e consequentemente sua prática se começar a utilizar esses aplicativos regularmente.

 

Metrônomo

Esse é o mais básico e você encontra diversas opções, gratuitas e pagas, tanto em versões para smartphone como para computador. Existem diversas opções para Android, Apple e Windows Phone.

Esse é o mais básico de todos, afinal você vai exercitar sua prática de acordo com o ritmo e a duração das notas. Vai trabalhar o andamento e o ritmo, a velocidade da música.

O cifra club possui um metrônomo muito bom com diversas funcionalidades, inclusive tem opção para salvar seu histórico de estudos e indicar qual o andamento mais utilizado por você. Está disponível nas versões online e nas plataformas Android e Apple .

Você sabe o que é andamento?

Andamento é um termo criado no século XIX para definir a velocidade da música, era utilizado antes do metrônomo ser inventado. O metrônomo serve para auxiliar o músico a permanecer no padrão de velocidade desejada.

O andamento pode ser lento, médio ou rápido, além disso existem outras definições dentro desses tipos. São:

  • Grave (40bpm): muito devagar
  • Largo (44 – 48bpm): bem pausado, vagaroso
  • Lento (50 – 54bpm): devagar
  • Adagio (54 – 58bpm): calmo
  • Larghetto (60 – 63bpm): um pouco mais rápido que o largo
  • Lentissimo/Adagissimo/Larghissimo: o mais devagar possível

No metrônomo você define os padrões de bpm (batidas por minuto) desejados e ele vai ditando essa velocidade e enfatizando o início do compasso. Normalmente é indicado nas partituras no canto superior esquerdo.

Vamos para os próximos dois, dos 3 aplicativos que não podem faltar no seu estudo de música. ⇓

Solfege

GNU Solfege

O GNU solfege é um dos melhores aplicativos para aprender música, ele ensina teoria e trabalha a percepção musical por meio de exercícios práticos, presentes no próprio app. É excelente tanto pra quem está começando, como para quem já estuda e quer fixar melhor os conhecimentos de teoria e percepção musical.

Esse programa com certeza é capaz de ensinar teoria e percepção de maneira completa. Possui basicamente todos os tópicos abordados nos melhores livros de teoria e ainda avalia com os testes do próprio software. É muito recomendado aos alunos em diversas faculdades de música.

O programa possui versão em Português, o que o torna ainda mais acessível.

Tela inicial Solfege

 

Tela para escolher testes

Sigamos para o terceiro app dos 3 aplicativos que não podem faltar no seu estudo de música. 😉

 

 

Musescore

Musescore

O último aplicativo dos 3 aplicativos que não podem faltar no seu estudo de música, porém não menos importante, é o maravilhoso Musescore.

O Musescore é uma plataforma livre, um software excelente para estudar música, nele você escreve a partitura que pretende estudar, consegue fazer modificações no arquivo, escrever partituras para diversos instrumentos, compor, salvar em diversos formatos, inclusive midi – para poder memorizar determinada melodia, sequência de notas, etc.

Além disso, o Musescore possui uma biblioteca riquíssima de partituras disponíveis para download, dificilmente você não encontrará aquela partitura que tanto procura, por  lá. Pois é um software colaborativo, onde músicos diversos compartilham suas partituras e arranjos. É sem dúvida, uma excelente ferramenta.

A maioria das ferramentas e recursos deste software são gratuitas, porém possui uma versão paga, mas na minha opinião, a versão gratuita atende perfeitamente a necessidade da maioria dos músicos e estudantes.

Nesse app você escolhe o tipo de instrumento, a clave a ser utilizada, o andamento e outros elementos como acidentes, repetições, etc. Também é possível escolher partitura para vários instrumentos (por várias vozes), e ainda, baixar sons de diversos instrumentos (além dos sons padrão) para o app.

É um grande aplicativo, me atrevo a dizer que é útil para qualquer músico, seja para estudar, seja para trabalhar com composição.

O Musescore possui versão em Português, mas não é tão intuitivo assim, porém depois que você pega o jeito, aprende como utilizar seus recursos você percebe como é grande o seu auxílio e vai descobrindo novas possibilidades. Está disponível para Android, Apple, Windows, Windows Phone e Linux.

 

 Conclusão

O estudo da música deve ser um hábito, e os “3 aplicativos que não podem faltar no seu estudo de música”, se usados de maneira integrada vão ser de grande valia nesse processo.

A dedicação a seu instrumento e a o estudo da teoria e percepção musical da maneira correta é que tornará inevitável o seu progresso.

E aí? Vamos praticar?!  😎

Sem música a vida seria um erro. – Friedrich Nietzsche.

 

Fontes:

Como Ouvir e Entender Música – Aaron Copland

Aprenda Piano

Facebook Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *