DESCOMPLICANDO A TEORIA MUSICAL [PARÂMETROS DO SOM, FIGURAS MUSICAIS E PAUTA]

Este artigo aborda a introdução à teoria musical, com conceitos básicos, porém fundamentais para quem deseja aprofundar-se nos estudos de música.

Os conceitos a seguir se referem aos parâmetros do som, figuras musicais e pauta musical. Ao final do texto indicação de aplicativos para aprofundar seus estudos. Boa leitura. 😉

PARÂMETROS DO SOM

Para iniciação da teoria musical é fundamental que conheçamos os parâmetros do som, ou seja, suas características, peculiaridades. Sem esse entendimento é praticamente impossível avançarmos nos nossos estudos, pois a partir dele trabalharemos futuramente a teoria e a percepção musical.

Os 4 Parâmetros do Som São:

 ➡ Altura

A altura, graficamente, é onde a nota se localiza na pauta musical, em termos práticos quanto mais alta a nota, mais aguda ela é, e quanto mais baixa, mais grave.

Por exemplo, em se tratando de notas de uma mesma oitava, a nota Dó é mais grave do que a nota Fá e a nota Si é mais aguda que a nota Sol.

 ➡ Intensidade

A intensidade se refere a forma com que determinada nota é tocada, se é tocada suavemente ou fortemente. Ou seja, se a nota é tocada de maneira forte ou de maneira fraca.

A intensidade é fundamental para uma boa performance, pois a forma como é tocada expressa sentimento, podemos perceber na prática, que geralmente os refrões são tocados de maneira mais intensa do que o restante da música.

Na partitura temos a representação de como a nota ou trecho deve ser tocado com as letras “F” (forte) ou “f” (fraco), além de variações destas intensidades.

 ➡ Duração

A duração diz respeito, como indica o próprio nome, à duração da nota, se é uma nota mais longa, uma nota mais curta. Ao estudarmos as figuras musicais, a seguir, a relação com as figuras nos fará compreender melhor.

 ➡ Timbre

O timbre é a identidade do som, sua característica marcante, quando ouvimos determinado som e identificamos sua fonte, por exemplo, se ouvir um violão vai reconhecer que é o som de um violão, se ouvir um piano, irá saber que é um piano.

Nas vozes tempos timbres também, cada voz é classificada em alguma categoria. As vozes femininas, por exemplo, podem ser: soprano, mezo-soprano, contralto, etc.

Mas, não significa que o timbre seja estático, um mesmo instrumento é capaz de reproduzir diversos timbres. Um teclado digital emite até mesmo sons de percussão.

 FIGURAS MUSICAIS

As figuras musicais representam a duração de uma nota.  As figuras musicais têm suas partes divididas em cabeça, haste e colchete (a partir da colcheia).

Atualmente são utilizadas com mais frequência 7 figuras de som, porém existem outras utilizadas em notações antigas da música.

As figuras de som  e seus valores

Como podemos perceber na tabela acima, cada figura é o dobro da figura anterior (exceto a semibreve). Por exemplo, a semínima é igual a 2, o que significa dizer que duas mínimas são iguais a uma semibreve. Do mesmo modo, 64 semifusas são iguais a 1 semibreve.

No início esse conceito pode parecer complicado, mas é uma questão de prática, a medida que formos avançando no conteúdo as dúvidas serão esclarecidas. A princípio, basta saber que quanto maior o valor da figura, menor é sua duração.

Figuras seus valores e pausas correspondentes

Pausas

As pausas correspondem às figuras no que diz respeito à duração, elas são intervalos, silêncios que podem existir entre as notas. A seguir as figuras e suas pausas correspondentes. Cada figura tem sua pausa correspondente, por exemplo, se a mínima dura 2 tempos sua pausa será um “silêncio” de 2 tempos.

Para exemplificar ainda melhor:

Observando a figura acima podemos dizer que:

  • A semibreve vale 1/1 = uma figura de 4 tempos.
  • A mínima vale ½, ou seja, duas mínimas valem uma semibreve.
  • A semínima vale ¼, ou seja, quatro semínimas valem uma semibreve.
  • A colcheia vale 1/8, ou seja, oito colcheias valem uma semibreve.
  • A semicolcheia vale 1/16, ou seja, dezesseis semicolcheias valem uma semibreve.
  • A fusa vale 1/32, ou seja, trinta e duas fusas valem uma semibreve.
  • A semifusa vale 1/64, ou seja, sessenta e quatro semifusas valem uma semibreve.

Podemos observar que a métrica para os valores das figuras é a semibreve, pois todos os valores são baseados nela.

 

PAUTA OU PENTAGRAMA

A pauta ou pentagrama (fique tranquilo que teoria musical não tem nada a ver com capeta ou magia negra, embora alguns discordem 😀 ) é um conjunto de cinco linhas horizontais, paralelas e quatro espaços dispostos horizontalmente onde estão dispostas as notas musicais (Dó, Ré, Mi, Fá, Sol, Lá, Si). A notação musical utiliza tanto as linhas quanto os espaços da pauta.

 *as bolinhas azuis representam notas.

Linhas e espaços suplementares

A pauta, de maneira geral, aparece apenas com 5 linhas e 4 espaços, porém há situações aonde precisamos de notas mais agudas ou mais graves, ou seja, como vimos nos parâmetros do som no tópico altura, elas podem ser mais altas ou baixas. Se houver necessidade de uma nota mais aguda que o último espaço precisaremos de uma linha suplementar superior, da mesma forma se houver necessidade de uma nota mais grave que o último espaço inferior adicionaremos uma linha suplementar inferior.

Da mesma maneira, se precisarmos de uma nota que seja mais aguda ou mais grave que a da última linha superior ou inferior acrescentada, utilizaremos um espaço suplementar superior ou inferior.

*Não há limites para o número de linhas ou espaços superiores.

Designed by brgfx / Freepik

CONCLUSÃO

Agora que você já sabe o que são os parâmetros do som, as figuras musicais e o pentagrama (ou pauta) musical, já pode exercitar seus conhecimentos, afinal de nada vale a teoria sem a prática, e as duas coisas são fundamentais para se tornar um bom músico.

Para treinar melhor seus conhecimentos leia este post, ele oferece três aplicativos que vão te ajudar muitíssimo nesse processo de fixação da teoria musical. É só clicar aqui e partir para a próxima etapa de estudo.

 

Fontes de consulta:

TEORIA DA MÚSICA – MED, Bohumil.

Facebook Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *